Por que entrevistas e dinâmicas fazem parte dos vestibulares hoje?

As universidades entendem que um profissional competente precisa desenvolver, além das hard skills (conhecimento técnico), as soft skills (habilidades como comunicação interpessoal, trabalho em equipe, pensamento criativo, empatia, flexibilidade, entre outras).

Por isso, criaram estratégias para avaliar essas competências comportamentais no processo seletivo dos vestibulares. Esta etapa é muito importante, considerada 20% da nota do candidato.

Com o objetivo de preparar estes jovens para revelarem suas habilidades, o nosso foco é atuar com a competência de comunicar para que o jovem revele suas ideias, seu conhecimento, suas experiências prévias, de maneira assertiva e segura, além de cuidar da forma atenciosa e cuidadosa ao se colocar. Seja individualmente ou em situações de grupo.

A Comunik atua com a competência de comunicar há mais de 20 anos, em diversas situações de comunicação, inclusive em processos seletivos.

O jovem que vivenciar este programa se sentirá mais seguro e conhecedor dos seus recursos de comunicação, potencializando esta habilidade.

Nossa meta

Preparar o jovem candidato na sua competência de comunicar, potencializando os recursos comunicativos e aumentando as chances de êxito nessa importante etapa do vestibular.

Para quem?

Candidatos que participarão de entrevistas e dinâmicas de grupo, na segunda fase de exames vestibulares.

Como?

Será realizado um trabalho cuidadoso e customizado. Inicialmente será avaliado o comportamento comunicativo e, neste momento, definiremos o número de encontros bem como já sensibilizaremos para as oportunidades de melhorias. Por exemplo, maior expressividade  vocal, corporal, desenvolvimento de argumentações assertivas, entre outras.

Receberemos o candidato individualmente, para um trabalho customizado, por quatro encontros de 1h. No primeiro encontro será avaliado o comportamento comunicativo e já sensibilizaremos para as oportunidades de melhorias, desenvolvendo um plano de ação. Por exemplo, há quem precise maior desenvoltura para se expressar, outros maior firmeza na voz, melhor expressividade corporal ou ainda desenvolver habilidades para argumentações assertivas.

Experiência de aprendizagem

Os participantes vivenciarão nos encontros o uso das ferramentas de comunicação para se relacionarem de maneira assertiva e consciente. Serão utilizadas estratégias como apresentação dialogada, vídeos, gravações, exercícios e simulações.

Estrutura de Ação

1º encontro

Bate Papo para conexão e análise do comportamento comunicativo

Demais encontros

Potencialização dos recursos de comunicação; simulações e filmagens.

Principais Temáticas

  • Comunicador competente: flexível e profissional
  • Comunicação eficiente
  • Comunicação conectada no ambiente digital
  • A força da primeira impressão
  • Percepção positiva: confiança e clareza
  • Comunicação com conexão
  • Escuta qualificada
  • Abordagens eficientes
  • Expressividade vocal e corporal

Nossos diferenciais

Atuação customizada

Experiência de mais de 25 anos, atuando com profissionais no segmento corporativo, mais de 15 anos nas clínicas de saúde. Realização de trabalhos individualizados com pessoas que desejam se relacionar de maneira eficiente e conectada nas suas vidas pessoais e profissionais.

Acreditamos que:

– Todos têm potencial e a comunicação interpessoal pode ser sempre aprimorada.

– Relacionamentos conectados e empáticos são construídos por uma comunicação assertiva, não passiva, tampouco agressiva.

– Você, apoiado por profissional especializado, é a única pessoa que pode melhorar a sua comunicação.

– Quanto maior a autopercepção do indivíduo a respeito da qualidade da sua comunicação, maior será o potencial de aprimoramento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *